• Vitor Guimarães

RPG | Mutantes e Malfeitores 3º edição – Quando os quadrinhos não são mais o suficiente


“Hora de criar nossos próprios super-heróis... quem esperava por essa?”



Acho que todo fã de quadrinhos em algum momento virou e falou: "como eu queria poder fazer o meu próprio super-herói ou vilão, isso seria algo incrível". Caso não tenha pensado nisso, acho que você não foi criança. Mas para quem ainda tem esse sonho, esse sistema é para você.


Leia também: 
OtageekCAST #25 RPG 01 - A morte de Bruno Stephens
OtageekCAST #27 | Vamos falar sobre Tormenta com Rogério Saladino da Jambô Editora
RPG | 7º Mar - vista o seu melhor chapéu de penas, saque sua espada e vamos ser heróis
RPG | 3D&T – Vamos salvar Tóquio... pela terceira vez
RPG | Karyu Densetsu - queime sua alma, fortaleça os seus laços e enfrente o dragão de fogo

Mutantes e Malfeitores é um jogo do tão conhecido sistema d20, o famoso dado dos RPGs ou o dado de 20 lados. Em essência, ele não é diferente de qualquer outro nessa linha, com a única diferença de que não usamos modificadores. Sendo breve, o número que você vai por em suas características é o numero que você comprou.


Em sistemas como D&D (Dungeons & Dragons) ou Pathfinder, existe um número-chave para ajudar em alguns cálculos: esse numero é chamado de modificador. Acho que em uma tentativa de fazer com que o sistema ficasse mais simples, foi optado por não usar esses números mais complicados. Tudo que você tem na ficha é determinado por você e apenas você, assim como a criação de seus super-poderes/super-habilidades, já que nem todos são obrigados a serem supers.


Agora vem a parte mais interessante: geralmente nessa parte do texto falo um pouco sobre o cenário principal e suas principais adaptações, mas assim como o 3D&T, 'Mutantes e Malfeitores' não tem um cenário principal. Em minha opinião, o mais legal mesmo é adaptar uma história dos universos dos quadrinhos. Eu, por exemplo, narro uma no universo Marvel.


Outra coisa legal do sistema é a enorme variação de poderes que você pode criar e customizar, podendo fazer praticamente qualquer coisa. O jogador pode ser desde um poderoso mago e um manipulador de energia cósmica a um ninja que usa e abusa de Shurikens, Kunais e truques de ilusão, sem contar uma agilidade enorme.



Esse texto vai ficar um pouco mais curto por hoje, pois esse sistema é um que eu realmente recomendo que você vá atrás e tente jogar ou criar um personagem. Infelizmente, esse não é um sistema nacional, mas vale muito ser jogado. E é fácil, porque ele usa apenas um d20.


Então eu vou ficar por aqui dessa vez, e reafirmo querer que todos deêm uma chance para esse sistema... realmente vale a pena ter novamente os seus sonhos de vestir sua capa de super-herói e voar dando bordoadas em todo mundo a torto e a direito.



Apoie o Jornalismo Cultural seguindo o Otageek no Twitter, Facebook e Instagram.
otageek amazon prime .jpg