• Vitor Guimarães

RPG | 5 motivos pelos quais você deveria jogar RPG de mesa

Atualizado: Out 15


Acho que todos que leram os meus textos, ou pelo menos os principais sobre os RPGs de mesa, sabem como eu adoro jogá-los - mesmo que não jogue de fato em uma mesa, mas isso não é a questão.


Bom, a seguir, listo alguns motivos pelos quais acredito que vocês deveria jogar RPG de mesa.



1. Interação e trabalho em equipe


Quase todo o grupo de RPG exige uma confiança em seus companheiros e um bom trabalho em equipe e, em alguns casos, muita interação entre eles. Há poucos casos onde realmente não dá para confiar nos seus companheiros de equipe, mas na maioria das situações, você vai precisar de um bom planejamento e entrosamento.


Eu mesmo já tive jogadores que falaram “o que o grupo precisa?” na hora da criação de um personagem e isso apenas demonstra como em na maior parte do tempo, os personagens precisam ter uma certa sinergia em jogo.


2. Pensamento rápido e criatividade


Nas diversas situações onde são necessários alguns pensamentos rápidos para sair de um problema, um bom jogador de RPG pode tirar leite de pedra e ser criativo na forma de escapar. Não há um limite do que você pode realmente fazer quando está jogando, principalmente quando seu mestre é bem liberal.


Leia também:


Isso geralmente fica mais claro quando você “entra” no seu personagem. E isso é sempre genial e muito divertido quando o jogador começa a interpretar o personagem de forma crível, tornando o player mais disposto a brincar nesse mundo. Uma vez no personagem, é difícil sair dele.

3. Pensamento lógico e matemático


OK, essa é clichê, mas sim, esse tipo de pensamento ajuda. Afinal, todo o jogo de RPG envolve números e algumas contas. Em sua maioria são simples, tipo um dado mais o seu bônus de ataque, mas em alguns casos mais específicos podem vir umas contas mais complicadas e acho que poderia ser mais fácil se você criar um certo habito para tal.

E digo mais, acredito que realmente certas matérias poderiam ser aprendidas de maneiras mais interessantes. Mesmo a aula de História poderia ser apresentada com uma narrativa e tentando fazer com que os alunos se envolvam mais, o que combinaria com o primeiro item da lista.


4. Ajuda com a timidez


Acho que todo mundo tem aquele amigo que é incrivelmente tímido. Entre vocês ele é um cara demais e pode acabar sendo até genial, mas sua timidez o limita um pouco. Então, com o RPG talvez esse seu amigo possa se soltar um pouco mais. Inclusive, talvez essa seja a melhor forma de fazer com que ele se solte. Todos nós temos um pequeno receio quando entramos em contato com isso pela primeira vez, mas quando as coisas acontecem do jeito certo e no mundo apropriado, nos soltamos, principalmente depois de algum tempo socializando com essas pessoas.



5. Grandes amigos


Em alguns casos é complicado arrumar um bom grupo de amigos, principalmente quando você é novo na escola ou em algum outro lugar. Um grupo de RPG geralmente te dá alguns bons amigos. Tenho um grupo que conheço há pelo menos 5 anos e ainda jogamos juntos. Além do mais, você sempre vai poder conversar sobre os mais determinados assuntos, além de poder jogar ideias idiotas. E se seus amigos forem tão “loucos” quanto você, a coisa vai ser hilária.

E assim, esses são os 5 tópicos que achei que valeriam a pena ser citados para que você possa ver de fora as mesas de RPG, já que chamar alguém de nerd hoje em dia é “cool”. Mas bem, espero que você, leitor, comece a jogar!


Para comprar periféricos de RPG, clique aqui e obtenha através de nossos links. Assim, você nos apoia a continuar produzindo Jornalismo Cultural de credibilidade!












Se você gostou do nosso conteúdo, te convido a ler nossos outros textos ou ouvir o nosso podcast. Temos um episódio especial sobre RPG de mesa!



Agora que tal pegar os seus dados e apoiar o Jornalismo Cultural independente? Siga o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.
otageek amazon prime .jpg