• Heloiza "h1za" Coelho

Review | BNA: Brand New Animal

Atualizado: há 4 dias


BNA: Brand New Animal é ambicioso, mas não cumpre as expectativas.


Leia também:
Review | Digimon: Adventure – O Voo de Birdramon


O anime tenta criar um cenário com temas políticos como racismo, fascismo e ativismo, ao mesmo tempo em que conta a história de combatentes superpoderosos, uma conspiração do governo e cultos religiosos. Tudo isso em apenas doze episódios.



O StudioTrigger mordeu mais do que poderia mastigar


Como primeira impressão, senti que a série seria algo incrível, mas talvez esteja errada. Mesmo com a história extremamente simples e direta, muitas coisas ficam sem explicação, como o fato da protagonista Michiru ter adquirido poderes diferentes dos locais, mesmo supostamente tendo ganhado as habilidades através do sangue dos mesmos. E isso também ocorre com outros personagens, o que acaba fazendo com que a narrativa seja um tanto quanto cansativa.


Mas nem tudo é ruim... a construção do mundo faz com que você entenda facilmente o que está acontecendo e, sinceramente, aprecio o fato de terem usado vários episódios para isso.



O estilo artístico único


Ter esse estilo de arte cheio de curvas, alegre e dinâmico é definitivamente uma vantagem no departamento de arte. A trilha sonora também é bastante surpreendente, trazendo um gosto da sociedade moderna urbana, junto com um tipo de sentimento futurista. A abertura e encerramento tem aspectos lindos e únicos, com uma mistura de cores e sincronias.



No geral, eu me diverti assistindo BNA, embora os personagens não fossem nem de perto o que eu queria. Acabei conseguindo outra coisa que não pedi: interação divertida. Porém, se você está interessado em BNA, vá em frente, só não espere uma história complicada... é apenas algo confortável aos olhos. Por um momento eu acreditei que seria o grande anime da temporada, mas é somente uma distração alegre.


Leia também:
5 motivos para assistir Haikyuu.

Quer saber mais sobre o universo GEEK? Então siga o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

O Otageek é um portal de jornalismo cultural independente que produz conteúdo sobre cultura pop com uma abordagem mais próxima do Jornalismo e distante dos clickbaits e fake news.

© 2020 - Otageek BR . All Rights Reserved.