Review | As Far As The Eye

Atualizado: Set 15


"Aventure-se em uma jornada emocionante auxiliando as pequenas tribos nômades a construírem vilarejos a fim de seguir caminho até o “Olho”, o centro do mundo. As Far As The Eye é um jogo de gestão de recursos do tipo roguelike, com mecânica de turnos com situações pré-definidas, fenômenos naturais, árvores de habilidades, entre outras mecânicas bem interessantes."



Em As Far As The Eye você tem o papel de ser o “suspiro”, um tipo de entidade que tem o dever de guiar os pequenos pupilos. Você deve carregar os pupilos em busca de recursos naturais para que esses consigam manter sua tribo e assim passar pela grande enchente que se aproxima.

Mas tente não andar para muito longe ou explorar todos os recursos de uma vez, pois você não pode trazer além do que consegue carregar.


O JOGO


A mecânica de gestão de recursos e estratégia do jogo é interessante e desafiadora, pois você precisa planejar qual o melhor caminho a ser seguido, uma vez que cada caminho até o objetivo exige uma certa quantidade de recursos.


O jogo possui 3 modos: o modo campanha, o modo jornada e o modo personalizado.

No modo campanha você tem 5 missões a serem realizadas, cada uma com diferentes objetivos e diferentes níveis de dificuldade.


No modo jornada, você tem a possibilidade de escolher entre algumas tribos e terá que auxiliá-las a prosperar e sobreviver, gerindo seus recursos e superando as catástrofes naturais durante a partida.


O personalizado te permite gerenciar a sua partida diminuindo ou aumentando a quantidade de recursos, o que se torna bem interessante, pois ali você pode deixar o jogo mais fácil ou mais difícil, fica a seu critério.


Além de gerir os recursos, também é preciso planejar bem onde você irá construir. O jogo conta com diferentes tipos de construções, as quais podem produzir comida e outros recursos, mas o espaço é um pouco limitado, então é preciso planejar muito bem onde e qual será construída.


NOVO MUNDO, NOVA AVENTURA


Encontre aliados, negocie os recursos, recrute novos pupilos e muito mais! Não deixe de agradar aos deuses, faça oferendas em locais sagrados ou decida se vale a pena saqueá-los, mas nunca esqueça que sofrerá as consequências de suas ações.

Viva uma aventura pacífica. Não existem inimigos em As Far As The Eye, apenas a onda gigante que chega mais perto a cada turno.



VISUAL e BUILD’S


Além da mecânica desafiadora, o jogo conta com outro ponto positivo: seu gráfico 3D é incrível. Ele é visualmente lindo... todas as ações que os pupilos realizam parecem mais um ritual de dança. Sério, para cada ação tem uma dança diferente, o que é lindo.


Visualmente o jogo é uma obra de arte, todos os elementos se encaixam muito bem na tela e são bastante agradáveis de se olhar.

Além do toque especial do ambiente, cada pupilo possui um design sensacional e bem pessoal. Isso te faz se apaixonar por cada um.



Cada partida é única, pois terá diversas possibilidades para sua tribo. Você pode montar sua build da maneira que achar melhor: são mais de 25 skills de profissões para a tribo, 36 melhorias de construção e mais de 90 buffs de comércio.



Para quem gosta de jogos de estratégia e gestão de recursos, As Far As The Eye é perfeito, pois ele entrega toda essa mecânica e um visual 3D incrível. Cada partida é uma experiência desafiadora e muito agradável. Infelizmente, porém, o jogo não conta com legendas em PT-BR. Assim, As Far As The Eye recebe a nota 8/10 no Norman Awards.


REQUISITOS


Mínimo
Sistema Operacional
Windows 7
Processador
Intel Core 2 Duo E4300
Memória
4 GB
Armazenamento
3 GB
DirectX
11
Recomendado
Sistema Operacional
Windows 10
Processador
AMD Athlon Dual Core 4450e
Memória
4 GB
Armazenamento
3 GB
DirectX
11

Confira um pouco do trailer oficial de As Far As The Eye:



As Far As The Eye já está disponível na Steam.



Leia também:
Mulan abre o fim de semana com números desanimadores nas bilheterias chinesas
OTGCAST #35 The Umbrella Academy - Vamos falar sobre a 2ª temporada e crítica textual
PUBG - Modo Vostok vazado será "uma mistura de FPS com gênero Auto Battler", segundo leaker


Quer apoiar o Jornalismo Cultural? Então siga o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram

otageek amazon prime .jpg