• Dan Profirio

Os Vingadores: Os Super-Heróis Mais Poderosos da Terra | Os 10 melhores episódios - Parte 1


Em comemoração aos 10 anos da exibição, confira a lista dos 10 melhores episódios da animação.



É difícil acreditar que já faz uma década desde que a animação Vingadores: Os Super-Heróis Mais Poderosos da Terra estreou na Disney XD. A série, desenvolvida por Christopher Yost, Joshua Fine e Ciro Nieli, foi sucesso logo após o início do Universo Cinematográfico Marvel e serviu para apresentar a uma nova geração de crianças os heróis e vilões do Universo Marvel.


Foi uma jogada brilhante da Marvel, mas a curta sequência de 2 anos da animação deixou um vazio que, para alguns, nunca foi preenchido por nenhuma das séries subsequentes. Para comemorar seu aniversário de 10 anos, reviver todos os momentos divertidos e na esperança de que se continuarmos falando sobre isso haverá uma 3ª temporada no Disney+, trago os 10 melhores episódios de Vingadores: EMH!


"Tudo Está uma Maravilha" (S01E10)


A rivalidade entre Simon Williams e Tony Stark funcionou perfeitamente desde o começo e o episódio faz um bom trabalho em configurar Tony para ser o vilão antes de entregar alguma redenção.


Uma das grandes coisas sobre a animação em geral foi a maneira como introduziu sem medo personagens que para muitos fãs que não tinham lido os quadrinhos poderiam ser totalmente desconhecidos. Este episódio triplicou isso tudo com o Magnum (Wonder Man), seu irmão, o Ceifador, e MODOK. Embora aqui ele seja mais memorável por ser espancado e menosprezado por Thor do que qualquer outra coisa, é sempre bom ver aquela cabeça gigante e voadora.



Os easter eggs foram fortes neste episódio também. Temos o traje original do Magnum, toda a trama para seu tempo com os Mestres do Terror, uma menção de Jack Fury e uma olhada no Cubo Cósmico. Este também abordou muito do que seria explorado na primeira temporada, mas ainda assim excelente como episódio isolado.


"O Homem que Roubou o Amanhã" (S01E17)


A recente notícia de que Jonathan Majors retratará a versão live-action de Kang em Homem-Formiga 3 torna este episódio ainda mais relevante. Como para muitas crianças dos anos 2000, isso serviu como sua introdução ao Senhor do Limbo, começando um arco de 3 episódios simplesmente épico.



Leia também:


O episódio faz um ótimo trabalho de construção sobre a relação entre Tony e Steve, mostrando-nos o quão úteis eles são para cobrir um ao outro. Enquanto Cap leva Tony para a escola durante o tempo de PT, a explicação de Tony sobre o que significa ser um "futurista" é algo que Cap não consegue compreender, mas coloca uma pulga atrás da orelha do espectador para depois.


O episódio também estabelece alguns elementos importantes para o futuro do programa: a prisão da Zona Negativa conhecida como 42 e o exército de Pym de Ultrons.


A chegada de Kang do século 41 para matar o Capitão América é uma grande divergência das raízes dos quadrinhos do personagem, mas é bem desenvolvida e bem executada e planta uma semente cuja fruta não seria apreciada até a 2ª temporada. Mas desde a primeira aparição de Dâmocles até a incrível exibição de suas habilidades baseadas em tecnologia, o episódio faz de Kang a ameaça que deveria ser e estabelece um dos mini-arcos mais agradáveis de toda a série.


"Salve a HIDRA!" (S01E21)


Um episódio que encerra muitos dos arcos contínuos da 1ª temporada e introduz alguns arcos que seguem até a 2ª temporada, "Salve a HIDRA!" é o episódio exemplar de como a série foi delineada, planejada e executada desde o início.



Enquanto este episódio é sobre ação com a I.M.A., Hidra, S.H.I.E.L.D e os Vingadores, todos trocando golpes entre si em Nova York, são os momentos entre personagens que o colocam na lista. O principal entre esses momentos é a troca entre Cap e Hulk que termina com Cap dizendo ao grandalhão que ele o tem observado e que suas ações o definem como um herói.


É o tipo de discurso que só o Cap poderia fazer e, mesmo em forma animada, dá arrepios. Este é realmente o episódio de Cap em torno de toda a sua conversa o Hulk, seu um-a-um com Strucker e o fato de que ele inadvertidamente altera a realidade e cria o Soldado Invernal.


Gavião Arqueiro é o outro Vingador de destaque neste episódio, entregando algumas piadas clássicas, chegando a um acordo com a aparente traição de Nat antes de finalmente ajudá-la a fugir em um esforço para encontrar Nick Fury, o único homem que poderia trazer alguma clareza para a situação atual.


Um ponto pivô para a série como um todo.


"O Imperativo Ultron" (S01E23)


"A humanidade falhou como espécie." Embora cada episódio seja ostensivamente a mesma coisa que o anterior, ou seja, os Vingadores se unindo para lutar contra uma grande ameaça, eles são todos um pouco diferentes tematicamente e este toma um rumo diferente para lidar com um dos temas clássicos da ficção científica: humanidade vs. tecnologia.


Mergulhando fundo no terror sci-fi do homem tendo chegado longe demais e criando algo que ele não pode mais controlar, vemos Ultron se transformar em o monstro de Frankenstein de Pym e Stark.



Em muitos aspectos, esse Ultron animado se mostra superior à versão live-action que temos em "Vingadores: Era de Ultron" de 2015, embora os dois tenham muito em comum. Assim como no filme, vemos Ultron assumir os trajes de Tony, construir um novo corpo e ter a ideia de que ele nunca será capaz de ser destruído porque pode carregar sua I.A. em qualquer lugar a qualquer hora, então qual é a diferença?


Está tudo na configuração. Tivemos tempo para ver Ultron ser introduzido e crescer e o vimos aprender o suficiente para saber como reescrever sua própria programação para remover blocos colocados no lugar por Pym. Felizmente, Pym salva o dia codificando Ultron para perceber que ele é parte de seu próprio problema, desligando-o. Mas a sombra de seu fracasso continuará pairando sobre o ombro de Pym na 2ª temporada e não é a última aparição da I.A. na série.


"Um Dia como Nenhum Outro" (S01E26)


O episódio mais cinematográfico da 1ª temporada chega batendo forte e termina com um gancho enorme. O episódio final do arco de 3 episódios, "Um Dia Como Nenhum Outro" é a cereja do bolo não só desse arco, mas da temporada. É uma boa história dos Vingadores, atingindo as notas mais altas quando se junta os Vingadores com os Asgardianos e outros personagens coadjuvantes dos Nove Reinos, em um esforço para impedir a conquista de Loki.


A armadura metal uru de Tony é a melhor de várias atualizações que os Vingadores recebem como assistências para enfrentar o Príncipe das Mentiras e sua forja é uma cena memorável.



É claro que os Vingadores e seus novos aliados encontram uma maneira de parar Loki e ganhar o respeito de um Odin bem descansado e voltar para a Terra finalmente pondo um fim ao cara que abalou tudo com todas as travessuras da 1ª temporada.


Justo quando você pensou que está seguro, no entanto, um desanimado Capitão América, assombrado por seu escudo quebrado e a barganha com Hela, é atingido por um doppleganger, dando início à Invasão Secreta Skrull.


Assistindo a série há 10 anos, essa cena final surpreende porque o evento Invasão Secreta nos quadrinhos tinha apenas cerca de 2 anos quando a série foi feita. Foi uma escolha brilhante que valeu a pena em grande estilo na 2ª temporada.


Texto original (em inglês): Murphy's Multiverse.


Conteúdo relacionado:



Se você gostou do nosso conteúdo, te convido a ler nossos outros textos ou a ouvir o nosso podcast. Nesta semana comentamos sobre a série Agents of S.H.I.E.L.D.



Apoie o Jornalismo Cultural seguindo o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

otageek amazon prime .jpg