• Victor Franco

O que esperar do reboot de "O Massacre da Serra Elétrica"


Lá em meados de 1974, Tobe Hooper apresentava ao mundo o primeiro assassino serial de filmes slasher, Leatherface. Para quem não está devidamente familiarizado com tal nome, ele é um canibal gigante que utiliza um martelo e uma motosserra pra caçar os desafortunados que cruzam seu caminho e utiliza o couro retirado dos corpos das vítimas para fazer sua máscara e algumas peças de mobília.



A verdade é que o primeiro filme do Leatherface, "O Massacre da Serra Elétrica" (1974), era de baixo orçamento, com atores que não pareciam muito atores. Resumindo, o filme tinha tudo para dar errado.


Mas não é isso que a história nos conta. O longa foi um sucesso de bilheteria justamente pelos seus defeitos - a falta de prática dos atores na época, a baixa qualidade das câmeras e objetos usados nas cenas, a falta de cenários diversos e a sujeira natural do local contribuíram para que o filme passasse sensações tão verossímeis que se tornou um clássico cult do cinema de horror.


Além disso, abriu as portas para nossos tão queridos Michael Myers, Freddy Krueger e Jason Vorhees.



Claro que como todos os nossos queridos mascarados, o tempo e a ganância não foram nada simpáticos com o gigante canibal. O sucesso do primeiro filme foi tanto que sem muito pestanejar, a produtora quis um segundo filme e foi aí que as coisas começaram a dar errado.


Em "O Massacre da Serra Elétrica 2" (1986), com um orçamento maior, começou a surgir excesso de personagens, cenários extravagantes, cenas desnecessárias e depois disso, meus caros leitores, cada vez menos Leatherface era Leatherface.


Até que depois de tantas tentativas medíocres de ressuscitar o já falecido canibal, eis que em 2020 surge um leve murmúrio nas redes de um reboot que seria produzido pela Legendary Pictures junto com a Bad Hombre Films, roteirizado pelo novato Chris Thomas Devlin e dirigido pelo já experiente David Blue Garcia.


O filme será uma sequência direta do primeiro filme de 1974, porém se passará nos dias atuais. Entretanto a ideia não é nova, vários foram os filmes da franquia que tentaram ou contar a história antes ou ser a sequência do genial filme de Tobe Hopper. Contudo, ainda não se tem informações sobre o roteiro e qual será a trama do filme.


David Blue Garcia entrou no lugar dos então diretores Ryan Tohill e Andy Tohill que optaram por deixar a produção. David então decidiu por refilmar tudo do zero e não usar nenhuma cena grava pelos irmãos Tohill.



Os atores escalados para o filme são Elsie Fisher (Castle Rock), Sarah Yarkin (Happy Death Day 2U), Mark Burnham (Os Maus Policiais), Moe Dunford (The Dig), Olwen Fouéré (Mandy: Sede de Vingança), Alice Krige (“Star Trek”), Jacob Latimore (The Maze Runner), Nell Hudson (Victoria),  Jessica Allain (A Lavanderia), Sam Douglas (Snatch), William Hope (Sombras da Noite) e Jolyon Coy (Guerra e Paz).


A informação sobre o elenco é do site ScreenGeek.


E agora para o deleite dos fãs que estão aguardando o filme (por mais que muitos não estejam de fato confiantes que Leatherface terá uma volta triunfal como Michael Myers teve nas mãos de Jamie Lee Curtis e de John Carpenter), a Legendary divulgou o pôster do novo filme da franquia "O Massacre da Serra Elétrica" e colocou no ar um site oficial para o filme.



Ao se registrar no site com o seu e-mail, será enviado para você um pôster móvel e um calling card para o Call of Duty: Warzone e Modern Warfare.



Para acompanhar a saga de Leatherface, clique abaixo e obtenha produtos através de nossos links. Assim, você nos apoia a continuar produzindo Jornalismo Cultural de credibilidade!




Se você gostou do nosso conteúdo, te convido aler nossos outros textos e ouvir o nosso podcast!



Apoie o Jornalismo Cultural seguindo o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.
otageek amazon prime .jpg