• Isabelle de Paula

Mulher-Maravilha 1984 | Gal Gadot diz que filme tem cenário político

Atualizado: Out 1


Mulher Maravilha 1984 está soando cada vez menos como um filme de super-herói e cada vez mais como outra das "mensagens" políticas de Hollywood.



Os últimos a verem Gal Gadot questionaram sobre o quão impressionante foi a filmagem do filme. Gadot declarou que os lugares políticos em que eles filmaram eram "o cenário ideal".


“Sentimos que Washington e a Casa Branca são lugares muito políticos e, portanto, o cenário ideal para este filme”, disse Gadot à revista Cinema (via Reddit). “Filmamos cenas no Monumento de Washington e na Avenida Pensilvânia, o que foi incrível. A rua inteira estava fechada e estava tão caótico que quase se tornou um símbolo para tudo o que está acontecendo atualmente ao redor do mundo. Foi muito avassalador e emocionante. Além disso, filmamos a cena mais emocionante já no terceiro dia de filmagem. Isso nos colocou no estado de espírito certo. "


Mulher Maravilha 1984 não tem uma mensagem política?



A notícia de que Mulher Maravilha 1984 tem algum tipo de mensagem política não é surpreendente, já que Patty Jenkins baseou o vilão do filme, interpretado por Pedro Pascal, no atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.


"Ele é um deles", Jenkins confirmou em uma entrevista recente quando questionada se Trump influenciou o vilão do filme. "Trump é definitivamente uma das pessoas que observamos, mas é qualquer um daqueles tipos de sucesso empresarial que foram grandes nos anos 80. Que passaram a ser jogadores importantes em nosso mundo de outras maneiras potencialmente questionáveis."

Curiosamente, Jenkins disse que não estava tentando enviar uma mensagem política, embora o astro Pedro Pascal, mais uma vez baseado em Trump, tenha recebido cabelo loiro por algum motivo.


“Não tenho uma agenda para ter uma mensagem política para enviar ao mundo. Todo mundo precisa olhar para si mesmo agora, e nossa política, nosso sistema de crenças do excesso”, disse Jenkins.

O que também é alarmante são os comentários feitos por Gal Gadot sobre como a Mulher Maravilha não estará carregando uma arma no filme porque é muito "agressivo".


"A Mulher Maravilha não carrega uma arma. Tínhamos a intenção de largar a espada, porque há algo muito agressivo em uma espada", disse Gadot. "Se você tem uma espada, isso significa que você precisa usá-la. Então nós queríamos desistir dela. Não achamos que o escudo fosse necessário também. Ela é uma deusa, ela pode lutar, ela é super forte, e ela tem as habilidades. Então, não, ela tem as manoplas. Ela tem o laço. Ela tem sua tiara e é isso."

Mulher Maravilha 1984 tem uma nova data de lançamento em 25 de dezembro de 2020 e também estrela Chris Pine como Steve Trevor, Kristen Wiig como The Cheetah, Pedro Pascal como Max Lord, Robin Wright como Antíope e Connie Nielsen como Hipólita. Charles Roven, Deborah Snyder, Zack Snyder, Patty Jenkins, Stephen Jones e Gal Gadot estão produzindo o filme. Rebecca Roven Oakley, Richard Suckle, Wesley Coller, Geoff Johns e Walter Hamada são os produtores executivos.


Sinopse: Avance para a década de 1980, quando a próxima aventura da Mulher Maravilha no cinema a encontrará enfrentando novos inimigos.


Fonte: Cosmic Book News


Leia também:


Apoie o Jornalismo Cultural seguindo o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

otageek amazon prime .jpg