• Wando Moreira Don Wandolero

Michael B. Jordan produzirá o filme do Super Choque


A informação foi confirmada pelo Hollywood Reporter.



Segundo informações exclusivas do site Hollywood Reporter, o ator Michael B. Jordan estará na produção do filme Super Choque, que foi revelado pela primeira vez durante o evento DC FanDome em Agosto. Ele se juntará ao cineasta Reginald Hudlin no projeto de longa-metragem da Warner Bros, via Outlier Society.


Jordan, que estrelou com Chadwick Boseman no filme Pantera Negra, no qual interpretou o antagonista Killmonger, atuou e produziu pela última vez o drama jurídico Luta por Justiça e desempenha as mesmas funções em Without Remorse, um thriller que será lançado na Amazon no próximo ano. Em seguida, ele filma e produz A Journal for Jordan, um drama dirigido por Denzel Washington.


O próprio ator, em entrevista ao Hollywood Reporter, afirmou estar animado em fazer parte da produção do filme.


Tenho orgulho de fazer parte da construção de um novo universo centrado em super-heróis negros; nossa comunidade merece isso. A Outlier Society está comprometida em dar vida a diversos conteúdos de quadrinhos em todas as plataformas e estamos entusiasmados com a parceria com Reggie e Warner Bros. nesta etapa inicial.

O projeto é centrado em Static, que apareceu pela primeira vez em 1993 na extinta Milestone Comics, editora fundada por escritores e artistas negros para ajudar a tornar os quadrinhos um espaço mais inclusivo. Porém, o quadrinho teve distribuição através da DC.


Uma década depois, o herói foi revivido para a série animada Super-Choque, centrada em Virgil Hawkins, um adolescente que se transforma em um super-herói, ganhando poderes eletromagnéticos após ser exposto a um gás estranho. A série foi notável por ser o raro show animado estrelado por um personagem negro e fez muito sucesso na TV quando era transmitida no SBT.


Para comprar na Amazon, clique aqui e compre através de nossos links, assim você nos apoia a continuar produzindo Jornalismo Cultural de credibilidade!


Se você gostou do nosso conteúdo, te convido a ler nossos outros textos ou ouvir o nosso podcast.



Apoie o Jornalismo Cultural Independente seguindo o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.
otageek amazon prime .jpg