• Sabrina Ventresqui

Intrínseca anuncia live de lançamento de 'Mataram Marielle'

Atualizado: há 4 dias


Dupla de jornalistas premiados revela em um livro os bastidores das investigações do crime que ainda mobiliza a opinião pública no Brasil e mantém grande repercussão internacional. Live de lançamento será na terça (24/11), às 17h, no canal da Intrínseca no YouTube



Quinta vereadora mais votada do município do Rio de Janeiro nas eleições de 2016, com mais de 40 mil votos, Marielle Franco foi executada à queima-roupa na noite de 14 de março de 2018, quando voltava de um debate na Casa das Pretas, espaço coletivo de mulheres negras situado no centro da cidade.


Ela e o motorista Anderson Gomes morreram depois de sofrerem uma emboscada no bairro do Estácio, no momento em que a vereadora e ativista, engajada na luta antirracista, nas pautas feministas e nas causas da comunidade LGBTQIA+, estava a caminho de casa. Os tiros foram disparados de dentro de um Cobalt prata, cujos ocupantes ficaram de tocaia por pelo menos duas horas à espera de Marielle― dado que forneceu os primeiros indícios que levariam os investigadores a supor que se tratava de uma ação planejada.


O duplo homicídio virou notícia no mundo inteiro, mobilizou a opinião pública, que passou a cobrar fortemente das autoridades a resposta para duas perguntas essenciais: quem matou e quem mandou matar Marielle e Anderson?




MATARAM MARIELLE, de Chico Otavio e Vera Araújo Páginas: 224 Editora: Intrínseca Livro impresso: R$ 49,90 E-BOOK: R$ 24,90


Conteúdo relacionado:



Se você gostou do nosso conteúdo, venha ler nossos outros textos ou ouvir o nosso podcast!



Apoie o Jornalismo Cultural seguindo o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

otageek amazon prime .jpg