• Ian Paranhos

Crítica | O Caravaggio Roubado


O filme chega ao Brasil por meio do festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano que está rolando desde o dia 28 de Agosto e vai até o dia 10 de Setembro, exibindo 20 produções italianas gratuitamente pela plataforma Looke.



O Caravaggio Roubado tem toda a sua premissa em seu nome: o filme é um suspense que conta a história de Valeria, a secretária de um produtor de cinema que, dentro de seu catálogo de escritores, tem um roteirista excepcional, Alessandro. Ele sempre traz histórias impecáveis cheias de reviravoltas.


Porém, já no início do filme, descobrimos que não é bem ele quem as escreve. Valeria era a real escritora das histórias e estava procurando uma nova trama para contar. Nesse momento, um estranho senhor apresenta a ela uma história misteriosamente muito detalhada sobre um famoso quadro roubado de Michelangelo, conhecido também como Caravaggio, a Natividade.



A história envolvendo a máfia, política e muito dinheiro não foi retirada do limbo, ela é baseada em fatos reais em diversos aspectos. A obra real, Natividade com São Francisco e São Lourenço, quadro de Caravaggio, realmente foi roubada do Oratório de São Lourenço em Palermo, de forma semelhante à história.


Assim como contado no filme, os investigadores acreditam que ela está nas mãos da máfia siciliana. A trama retrata muito bem a questão do sigilo ao redor da máfia, pois políticos poderosos sabem cada um de seus integrante mas preferem deixar do jeito que está, até negociando com eles quando necessário.


Não só nessa questão o filme é realista, também existe a importância do sigilo entre Valeria e Alessandro, baseado em diversos eventos reais. Quantas mulheres no dia-a-dia deixam de levar créditos por diversos trabalhos e colocam o homem no pedestal? O filme também retrata bem isso, crescendo o protagonismo e a autonomia de Valeria até o final.



O longa tem uma imagem linda, graças ao apelo artístico que ele carrega. E apesar de ter muitos personagens, tem um final fechado para cada um sem perder o suspense e a carga dramática nas cenas finais. Vale a pena conferir.


Ficou curioso? Confira o trailer:



Quer saber mais sobre o festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano? Clique AQUI para conferir quais produções estão sendo exibidas.


Leia também:
Crítica | "Como Um Peixe Fora D'água"
Crítica | O mistério contínuo de "Nápoles Velada"
Crítica | Bendita Loucura
Crítica | A busca pela felicidade aos olhos de "Fortunata"
Crítica | "Selfie" e a realidade de Nápoles


Quer saber mais sobre o universo GEEK? Então siga o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

O Otageek é um portal de jornalismo cultural independente que produz conteúdo sobre cultura pop com uma abordagem mais próxima do Jornalismo e distante dos clickbaits e fake news.

© 2020 - Otageek BR . All Rights Reserved.