Club Future Nostalgia | Ouça e venha saber o que achamos do álbum de remixes da Dua Lipa

Atualizado: Set 2


No começo do ano, Dua Lipa surpreendeu a todos com seu álbum “Future Nostalgia”, o segundo da carreira da cantora, que contou com 11 faixas. O álbum de pop dance foi muito bem recebido pela crítica e pelo público, mas nada já é tão bom que não possa melhorar, não é mesmo?


Leia também:
Emmy 2020 | Ouça as músicas indicadas a melhor canção original!

Após rumores de que a cantora estaria trabalhando com Madonna em um remix da faixa “Levitating”, os fãs ficaram enlouquecidos, até finalmente ouvirem a versão remixada pela DJ The Blessed Madonna e em colaboração com a rapper Missy Elliott. O remix teve uma recepção dividida e não satisfez parte dos fãs pela ausência da própria Madonna, que estava ainda se recuperando de um problema de saúde. Posteriormente, Dua Lipa anunciou que lançaria um álbum remix completo no dia 28/08, com 17 faixas. O projeto ganhou também animações para todas as músicas, disponibilizadas no YouTube.


Ouça (e assista) abaixo o visualiser oficial do disco:



No site de avaliação do Metacritic, “Club Future Nostalgia” debutou com nota 92, superando o álbum original. A ideia do álbum remix veio da vontade de Dua Lipa de recriá-lo no formato de mixtape e, por isso, ele conta com tantas faixas. O objetivo é realmente ser bem experimental. Na lista de colaborações temos artistas como Madonna, Gwen Stefani, BLACKPINK e Missy Elliott.


Se preferir, ouça pelo Spotify:


Ouvir o álbum completo é uma experiência audiovisual muito gostosa, uma vez que cada animação se conecta muito bem com a próxima, em relação ao fim de uma e início da outra. O disco é cheio de músicas mixadas de forma diferente. Lembra muito o conceito daquelas rádios online antigas que tocavam apenas remixes na programação da madrugada. Não fugindo do conceito do álbum original, Club Future Nostalgia entrega algo futurístico, mas ainda assim nostálgico.


Ao mesmo tempo em que o álbum serve uma experiência integrada, cada remix é único e


distinto dos demais. Foram mais de 10 pessoas envolvidas na produção, cada uma trabalhando em uma faixa diferente. Tem até o Mark Ronson na faixa “Physical”. Entretanto, o que faz o álbum merecer sua boa avaliação pela crítica com toda certeza são suas animações. Todas elas utilizam técnicas distintas, passando por animações em 2D e 3D, sendo algumas mais simples e outras mais complexas.


Leia também:
Labrinth apresenta músicas ao vivo da série Euphoria pela primeira vez em um show virtual

Se você quiser apenas ouvir o álbum, ele é ótimo para apreciar enquanto faz tarefas do dia-a-dia. Já se optar pela experiência audiovisual, prepare-se para uma viagem psicodélica, com referências a animes, videogames, aliens e tudo aquilo que fez de Future Nostalgia um álbum aclamado, só que por outro ponto de vista.


Leia também:
Katy Perry lança vídeo de "Harleys in Hawaii" com animação retrô e anuncia nascimento da filha

Quer saber mais sobre o universo GEEK? Então siga o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

otageek amazon prime .jpg