• luizhigor250

As 10 melhores colaborações femininas na indústria musical

Atualizado: Jun 4

Que a indústria musical está repleta de incríveis artistas os quais nos proporcionam momentos inesquecíveis através de suas músicas já sabemos. Agora vale ressaltar mais ainda o trabalho de artistas femininas nesse cenário, tendo em vista que as mesmas tem de se reinventar muito mais que artistas masculinos para se sobressair dentro do meio.


Para homenagear o trabalho árduo e espetacular dessas artistas, nada melhor que celebrar com elas juntas, não é mesmo? Em uma indústria até pouco tempo apenas dominada por homens, as mulheres vem mostrando reinvenção através de seu trabalho e, com isso, resultados maravilhosos para quem é fã de música.

Assim sendo, nós da equipe do Otageek separamos as 10 melhores colaborações femininas que tivemos o prazer de presenciar acontecer dentro da história da música, e é obvio que não conseguimos colocar todas, mas o importante é podermos enaltecer mulheres incríveis e super talentosas !



10 - Beyoncé e Nicki Minaj: Flawless



Flawless é uma canção da artista estadunidense Beyoncé, contida em seu quinto álbum de estúdio. Foi composta pela mesma com auxílio de Terius Nash, Chauncey Hollis e Rey Reel, sendo que a produção da faixa ficou a cargo da cantora juntamente a Reel, Hit-Boy e Boots. A música apresenta uma interpolação do discurso "We Should All Be Feminist", dito pela nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie em uma conferência feita no ano de 2012. Nos dias 12 e 16 de agosto de 2014, o remix com a rapper trinidiana Nicki Minaj foi enviado às rádios estadunidenses mainstream e urban, respectivamente.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100      - #41
BILLBOARD R&B/HIP HOP  - #25


9 - Lady Gaga e Ariana Grande: Rain on Me



Rain on Me é o último lançamento feito pela cantora Lady Gaga em parceria com Ariana Grande para o seu novo álbum de estúdio, auto-intitulado Chromatica, que tem data de lançamento prevista para o dia 29/05. A música foi lançada no dia 22/05 e já apresenta números incríveis, além de estar quebrando inúmeros recordes pelo mundo a fora. Essa colaboração fez a alegria de muitos fãs, com a volta de Lady Gaga às pistas de dança em conjunto com a sensação do momento que é Ariana Grande, a qual vem de seu último álbum com um ótimo desempenho e visibilidade.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

YOUTUBE 24 HRS - 21.281,742 VISUALIZAÇÕES
NUMERO #1 EM 58 PAÍSES 
SPOTIFY - 10.2 MILHÕES DE REPRODUÇÕES
MAIOR ESTREIA NO SPOTIFY BRASIL - 822 MIL REPRODUÇÕES

8 - Shakira e Rihanna: I Can't Remember to Forget You



I Can't Remember to Forget You é uma canção gravada pela artista musical colombiana Shakira, para o seu décimo álbum de estúdio. A música conta com a participação da artista musical barbadense Rihanna, sendo escrita pelas duas intérpretes com o auxílio de Tom Hull, Daniel Alexander e Erik Hassle, e produzida por John Hill e Kid Harpoon. O seu lançamento ocorreu dia 13 de Janeiro de 2014 através da RCA Records, como primeiro single do disco. Sete dias depois, foi lançada na iTunes Store a versão em língua espanhola intitulada "Nunca me acuerdo de olvidarte".


Uma curiosidade sobre a faixa é que na época Rihanna recusou o pedido de Pitbull para participar da faixa "Timber" (hoje conta com a cantora Kesha) para se dedicar unicamente a participar da faixa com Shakira.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

REINO UNIDO - #11
ESPANHA,FRANÇA,ALEMANHA E SUÍÇA - #10
BILLBOARD HOT 100 - #15

7 - Iggy Azalea e Charli XCX: Fancy



"Fancy" é uma canção da rapper australiana Iggy Azalea em parceria com a cantora inglesa Charli XCX para o seu primeiro álbum de estúdio, The New Classic. A canção foi lançada pela primeira vez através da Island Def Jam, em 17 de fevereiro de 2014, servindo como o terceiro single do álbum para a Europa, e foi disponibilizada em todo o mundo no dia 6 de abril de 2014, através da Virgin EMI e Universal Music. "Fancy" serve como quarto single do álbum fora da América do Norte. A canção ficou entre os singles mais baixados em 2014, segundo dados da IFPI.


O videoclipe para a canção foi filmado em fevereiro de 2014, em Los Angeles, e estreou em 4 de março de 2014 na VEVO. Dirigido por Director X, o vídeo foi inspirado no filme Clueless, onde Azalea interpreta a socialite Cher Horowitz e XCX interpreta Tai Frasier, um remake das personagens do filme de 1995 estrelado por Alicia Silverstone e Brittany Murphy.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100       - #1
ESTADOS UNIDOS POP SONG - #1
BILLBOARD R&B/HIP HOP   - #1
BILLBOARD RAP SONGS     - #1

6 - Ariana Grande e Nicki Minaj: Side to Side



"Side to Side" é uma canção da cantora estadunidense Ariana Grande contida em seu terceiro álbum de estúdio, Dangerous Woman (2016). Ela conta com a participação da rapper trinidiana Nicki Minaj e foi composta por ambas em conjunto com Alexander Kronlund, Savan Kotecha, Max Martin e Ilya Salmanzadeh, sendo produzida pelos dois últimos. O seu lançamento como o terceiro single do disco ocorreu em 30 de agosto de 2016, através da Republic Records.


Ariana Grande e Nicki Minaj são grandes amigas e sua amizade junta-se com seus trabalhos nas músicas. Portanto, as duas já têm varias colaborações juntas, como Bed (Album Queen de Nicki) e Get on your knees (The Pinkprint, também de Nicki).


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100 - #4
POP SONGS - #1
ADULT POPS SONGS - #16

5 - Madonna e Nicki Minaj: Bitch I'm Madonna



"Bitch I'm Madonna" é uma canção da artista musical estadunidense Madonna, contida em seu décimo terceiro álbum de estúdio, Rebel Heart (2015). Conta com a participação da rapper trindiana Nicki Minaj e foi composta por ambas juntamente com Ariel Rechtshaid, Toby Gad, Maureen McDonald, Diplo e Sophie, sendo produzida por Madonna e os dois últimos. A obra foi desenvolvida após Diplo ouvir a canção "Pretty Boy Farmer" de Lil B, a qual apresentava linhas referenciando a cantora. Ele mostrou sua ideia para a musicista e sugeriu que ela selecionasse Minaj, com quem havia trabalhado em seu disco anterior MDNA (2012). Posteriormente, os produtores elaboraram a composição da obra quando Diplo apresentou melodias de pizzicato e drop para Madonna e ela as aprovou. O também DJ acrescentou sons de violão devido ao fato de a estadunidense começar a elaborar músicas tocando o instrumento.


O vídeo musical correspondente foi dirigido pelo sueco Jonas Åkerlund e apresenta participações especiais de Minaj, Diplo, Rita Ora, Chris Rock, Miley Cyrus, Beyoncé, Katy Perry e Kanye West. As cenas se passam nos últimos andares do Standard Hotel em Nova Iorque, onde Madonna e seus amigos fazem uma festa e a terminam na cobertura do edifício. Além de ter enfrentado problemas técnicos durante seu lançamento exclusivo no serviço de streaming Tidal, o projeto foi recebido com análises mistas, pois embora tenham elogiado sua natureza de loucura, profissionais criticaram a falta dos convidados previamente anunciados no local de filmagens. Para a divulgação de "Bitch I'm Madonna", a cantora apresentou-a em uma performance com temática festeira no programa The Tonight Show Starring Jimmy Fallon e a incluiu no repertório de sua turnê Rebel Heart Tour (2015-16).


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100     - #84
DANCE CLUB SONGS      - #1
DANCE/ELETRONIC SONGS - #5

4 - Christina Aguilera, Pink, Lil Kim e MIA: Lady Marmalade



"Lady Marmalade" é uma canção escrita por Bob Crewe e Kenny Nolan. Foi lançada com grande sucesso pelo grupo Labelle como single do álbum Nightbirds, de 1974. Antes, havia sido gravada pelo grupo "Eleventh Hour", do qual Kenny Nolan fazia parte. A canção retrata as primeiras impressões de Nolan, um dos compositores, sobre a cidade de Nova Orleans. "Lady Marmalade" ganhou notoriedade por seu refrão sugestivo: "Voulez-vous coucher avec moi?", que seria "Você quer dormir comigo?" em francês.


Lady Marmalade faz parte de um medley do filme de 2001, Moulin Rouge!. Adicionalmente, Christina Aguilera, Lil' Kim, Mýa e Pink gravaram uma versão cover da trilha sonora do filme, e esta versão foi lançada como sendo o primeiro single do filme no inverno de 2001. A versão cover foi produzida por Missy Elliott e seu parceiro Rockwilder. Lil' Kim compôs seu verso na canção, mas não recebeu créditos publicamente. Um trecho da versão original foi alterado, com o local onde ocorre a história da canção movido de New Orleans para o clube noturno de Paris, Moulin Rouge.


O videoclipe foi dirigido por Paul Hunter, tornando-se um dos clipes mais marcantes dos anos 2000. Todas as quatro artistas usam uma lingerie, aparentemente dentro de um cabaré. O aparecimento de Christina Aguilera no vídeo era o tópico de alguma discussão na indústria de entretenimento, já que sua imagem pareceu bem agressiva em relação aos seus lançamentos anteriores. Há uma pequena coreografia e os solos da música são feitos em ambientes separados no clipe, juntando-as apenas no refrão. Em julho de 2017, o vídeo musical tinha 210 milhões de visualizações no YouTube.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100 - #1
UK SINGLE CHARTS  - #1 

3 - Rihanna e Britney Spears: S&M



"S&M" é uma canção da cantora barbadense Rihanna gravada para o seu quinto álbum de estúdio, Loud. Foi composta por Mikkel Eriksen, Tor Hermansen, Sandy Wilhelm e Ester Dean, com a produção a cargo da equipe norueguesa Stargate e Sandy Vee. A sua gravação decorreu em 2010, nos estúdios Roc the Mic em Nova Iorque, Westlake Recording Studios em Los Angeles e The Bunker Studios em Paris. O tema foi enviado para as rádios norte-americanas em 23 de Janeiro de 2011 através da Def Jam Recordings, tornando-se o terceiro single do disco. Em 11 de Fevereiro, foi disponibilizado na iTunes Store de vários países, como o Brasil, Finlândia e Portugal. Mais tarde, foi ainda editado um extended play (EP) e um pacote de remisturas a partir da original. Musicalmente, a canção deriva dos gêneros eurodance, electro e dance-pop. Além disso, incorpora demonstrações das linhas dos sintetizadores de "Master and Servant" da banda inglesa Depeche Mode. O seu instrumental foi trabalhado com sintetizadores, baixo, teclado e guitarras. Liricamente, revela os prazeres sexuais da cantora como uma metáfora para atacar elementos midiáticos.


POSIÇÕES E CHARTS

BILLBOARD HOT 100    - #1
BILLBOARD POP SONGS  - #1
BILLBOARD DANCE CLUB - #1

2 - Jessie J, Ariana Grande e Nicki Minaj: Bang Bang



"Bang Bang" é uma canção das cantoras britânica Jessie J, norte-americana Ariana Grande e da rapper trinidiana Nicki Minaj, gravada para o terceiro álbum de estúdio da primeira, Sweet Talker, e o segundo de Grande, My Everything. Foi escrita e produzida por Max Martin e Savan Kotecha, com auxílio na composição de Minaj, Myron Birdsong e Rickard Göransson. O seu lançamento ocorreu em 28 de Julho de 2014, como single em colaboração, através da Republic Records, editora discográfica das três artistas.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100   - #3
BILLBOARD POP SONGS - #2
BILLBOARD ADULT POP SONGS - #6

1 - Lady Gaga e Beyoncé: Telephone



"Telephone" é uma canção da cantora norte-americana Lady Gaga, gravada para o seu terceiro extended play (EP), The Fame Monster. Conta com a participação de Beyoncé e foi composta pelas duas intervenientes em conjunto com LaShawn Daniels, Lazonate Frank e Rodney Jerkins, sendo que este último também esteve a cargo da produção. A sua gravação decorreu durante o ano de 2009 nos Darkchild Studios, em Los Angeles, na Califórnia. Foi enviada para as rádios norte-americanas em 26 de janeiro de 2010 e lançada digitalmente em 15 de fevereiro na iTunes Store através da Interscope Records, além de terem sido editadas várias remisturas a partir da faixa original. Além de tudo, foi promovida ainda através de disco de vinil e CD single.


Inspirada pelo seu medo da asfixia, Gaga explicou que a letra retrata-a dando preferência à pista de dança em vez de atender chamada do seu amante, e observou que o telefone abordado na canção é, na realidade, uma pessoa dizendo-lhe para continuar a trabalhar de forma dura.

Musicalmente, é constituída por uma ponte alargada, um verso-rap e um epílogo onde a voz de um operador anuncia que a linha telefônica está inacessível. Knowles aparece no meio da música com os versos cantados num modo mais rápido, acompanhados por batidas duplas. Em maio de 2010, foi divulgada na Internet uma versão com os vocais de Britney Spears, sugerindo que inicialmente seria para o seu repertório.


O vídeo musical é a continuação de "Paparazzi", canção de 2009 que também recebeu um formato de mini-filme. Depois de ser socorrida da prisão por Beyoncé, as duas dirigem-se a um restaurante onde acabam por matar todos os clientes que se encontram no local. Após escaparem do estabelecimento, ambas seguem em alta velocidade para fugir de uma perseguição policial. A produção faz referência aos filmes Pulp Fiction e Kill Bill: Volume 1, ambos dirigidos por Quentin Tarantino. Muitos dos críticos elogiaram o vídeo, contudo outros realçaram a sua violência e os temas expressos. Em memória de Alexander McQueen, Gaga interpretou uma versão acústica de "Telephone" misturada com "Dance in the Dark" na cerimônia Brit Awards de 2010, além de ter constado no alinhamento das digressões mundiais The Monster Ball Tour e The Born This Way Ball.


POSIÇÕES NOS CHARTS :

BILLBOARD HOT 100 - #3
BILLBOARD POP SONGS - #1
BILLBOARD DANCE CLUB - #1

Essas foram algumas das participações icônicas que essas cantoras incríveis fizeram. Se alguma participação ficou de fora, você que está lendo pode dizer aqui também. O importante é sempre lembrar de reconhecer o trabalho majestoso dessas mulheres maravilhosas que fazem de sua arte uma válvula de escape para muita gente em seu dia-a-dia.


Leia também:

Lady Gaga e Ariana Grande lançam Rain on Me, novo single do álbum Chromatica; ouça
Lana Del Rey rebate críticas de que glamouriza abuso e anuncia novo álbum


Quer saber mais sobre o universo da Cultura Pop? Então siga o Otageek no Twitter, no Facebook e no Instagram.

O Otageek é um portal de jornalismo cultural independente que produz conteúdo sobre cultura pop com uma abordagem mais próxima do Jornalismo e distante dos clickbaits, fake news e achismo.

© 2020 - Otageek BR . All Rights Reserved.