• Lucas Almeida

7 motivos para assistir Sons of Anarchy


Mais uma entre tantas séries que foram lançadas antes mesmo da chegada dos facilitadores streaming. Por serem antigas, não nos interessamos em assistir muitas delas, mesmo que sejam de primeiríssima qualidade e estejam disponíveis nas principais plataformas.



Sons of Anarchy foi criada por Kurt Sutter e retrata a trajetória de um clube de motociclistas de uma cidade fictícia da Califórnia. A série teve 7 temporadas, sendo seu lançamento em 2008 e seu término em 2014.


Hoje disponível no Prime Video, Sons of Anarchy é uma das melhores séries já feitas. Ela é repleta de violência, vingança e reviravoltas. Sem dúvidas você não vai se arrepender de conferir.


Por isso tudo, listamos os 7 motivos para convencê-lo a assistir Sons of Anarchy.


1 – Motos



Para aqueles que são amantes de motos, SOA é um prato cheio, até porque o plano de fundo da história se baseia em grupos diferentes de motoclubes. Além do mais, os modelos das motos são diversos, como se estivessem ligados aos grupos, ou até mesmo a cada personagem. Então, para todos que são amantes de motos, ser amante da série acaba por ser nada menos que obrigatório.


2 – Trilha Sonora



A música em SOA é tão importante quanto a própria história, pois os episódios são moldados na musicalidade. Seja em situações violentas ou mais leves, as escolhas são certeiras e nos imergem totalmente nos acontecimentos da trama.


Durante toda a temporada, as músicas se dividem na sua maioria entre rock, country e folk. E vale também ressaltar algumas canções clássicas que tiveram versões próprias para a série, como Can’t Help Falling in Love (Elvis Presley) e Bohemian Rhapsody (Queen).


3 – Amizade



Um dos sentimentos mais importantes na série é o de amizade. Em SOA, os laços criados dentro do clube vão muito além dos de sangue, isto é, todos que entram no clube se tornam mais que amigos... eles se tornam irmãos.


Dando um pequeno spoiler, uma das relações mais interessantes é entre Jax (Charlie Hunnam) e Opie (Ryan Hust). Ambos são filhos de lendas do motoclube e criaram uma lealdade fortíssima. Dificilmente você não vai se conectar a eles e a essa relação de irmandade.


4 – Violência



Uma das coisas interessantíssimas é como a série retrata a violência. Toda a porradaria é devidamente inserida em momentos-chave, dando um "ar" de espontaneidade. Por muitas vezes você será pego de surpresa, seja pelo fato de não estarmos esperando-a ou pela explícita e visceral violência em tela.


5 – Bem e Mal



Em episódio por episódio, SOA nos deixa extremamente desconfortáveis quando precisamos analisar e refletir sobre o bem e o mal. Um dos vários êxitos da narrativa é nos apresentar personagens complexos que são levados definitivamente pelas causas e consequências de seus atos.


Dessa forma, todos os personagens são cinzas, mutáveis, são uma moeda de dois lados. A série nos mostra a vilania desses personagens, sem esquecer por nenhum momento que eles são definitivamente humanos.


6 – Relacionamento de Jax e Tara



Que SOA é repleta de violência e motos todo mundo já sabe! Entretanto, a série conseguiu desenvolver inúmeras histórias de amor em meio a tanta animalidade. Damos aqui ênfase na relação de Jax (Charlie Hunnam) e Tara (Maggie Siff), pois a narrativa constrói o laço de uma forma natural e incrível. É algo visceral, que por nenhum momento se torna uma história simples sobre o amor.


7 – Elenco



A série é composta por um elenco fantástico. O interessante é que alguns nomes, como o próprio protagonista Charlie Hunnam e Ryan Hurst, não eram tão conhecidos na época. Mas junto a Katey Sagal, Ron Perlman, Maggie Siff, Kim Coates, Tommy Flanagan, entre tantos outros, dão um show na veracidade e força trazidas em cada personagem.



Leia também:
- 7 motivos para você assistir Patrulha do Destino (Doom Patrol) da DC
- 7 motivos para você assistir a série "Hanna"
- 5 HQs para entender sobre polarização de ideias

Quer saber mais sobre o universo da Cultura Pop? Então siga o Otageek no Twitter,  no Facebook e no Instagram.


O Otageek é um portal de jornalismo cultural independente que produz conteúdo sobre cultura pop com uma abordagem mais próxima do Jornalismo e distante dos clickbaits e fake news.

© 2020 - Otageek BR . All Rights Reserved.